Digite o que procura

Blog

Árvore artificial filtra poluentes com capacidade equivalente a de 275 árvores naturais

Árvore artificial filtra poluentes com capacidade equivalente a de 275 árvores naturais

Árvore artificial: saiba mais

Se a mão humana é capaz de destruir o planeta, ao menos às vezes essa mesma mão, somada à imensa criatividade de que o ser humano é capaz, se empenha em consertar alguns de seus erros. Na mesma medida em que poluímos o planeta em intensidade impressionante, desmatamos as florestas (justo o que tanto ajuda a filtrar tais poluentes), em tempo recorde.

Foi para tentar alcançar e reverter um pouco essa escalada sufocante que foi desenvolvida, na Alemanha, a CityTree, uma super-árvore artificial planejada para aliviar a poluição nas cidades.

Trata-se, em verdade, de uma estrutura retangular móvel, coberta de musgos, que tem a capacidade de absorver a mesma quantidade de poluição, entre micro partículas e dióxido de nitrogênio, por exemplo, que 275 árvores naturais combinadas. Uma CityTree sozinha é capaz de absorver 250 gramas de partículas por dia, filtrando até 240 toneladas métricas de CO2 ao longo de um ano.

Seu sensores avaliam a qualidade do ar, a eficiência da filtragem, além de medir a umidade do solo, a qualidade da água e a temperatura. As CityTrees já foram implementadas em 25 grandes cidades do mundo, se apresentando como uma solução interessante para o problema da poluição.

Seu alto custo, porém – enquanto uma árvore custa cerca de 3 mil dólares a cada 10 anos para a cidade, uma estrutura somente custa cerca de 90 mil dólares em uma década – revela uma questão primordial: a verdadeira face da inteligência humana estaria não só em solucionar os problemas que cria, mas também em deixar de repeti-los. Ao invés de tanto somente tentarmos resolver a poluição que emitimos, que tal pararmos de poluir?

fonte: hypeness

POSTAR COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado.