Digite o que procura

Blog

Conheça o cimento de emissão de CO2 reduzida

Conheça o cimento de emissão de CO2 reduzida

Cimento sem água e menos poluente

Ao invés de água, o cimento carbonatado foi desenvolvido para reagir com dióxido de carbono e silicato de cálcio. A nova proposta chega como uma boa notícia para o setor da construção civil, pois promete diminuir o consumo de um dos recursos mais importantes do planeta e, ainda, as emissões de gases de efeito estufa na atmosfera.

A eficácia e popularização do concreto convencional – feito da mistura de cimento, areia, brita e água – prejudica o meio ambiente. As quase quatro toneladas de concreto produzidas anualmente para cada habitante do planeta representam de 5 a 8% das emissões mundiais de dióxido de carbono.

Embora pareça funcionar de forma similar ao método tradicional, o chamado cimento de silicato de cálcio carbonatado (Carbonated Calcium Silicate-based Cement, em inglês) pode ser mais durável em determinadas situações e custar menos. A equipe do professor da Universidade Estadual de Oregon (EUA), Jason Weiss, prova que a invenção se mostra mais resistente à degradação em comparação ao concreto convencional.

cimento-inovacao

Conforme explica Weiss, o cimento já pode ser aplicado em projetos em que são usados concretos pré-moldados. Porém, como a cabonatação requer o manuseio de botijões de CO2 sob pressão, o novo cimento deve levar mais tempo para ser utilizado pela população em geral. A equipe demonstrou que o material é mais resistente à degradação do que o concreto comum, inclusive em contato direto com sais usados para o degelo das estradas em países de clima frio, tais como cloreto de sódio e cloreto de magnésio.

O concreto – uma combinação de cimento, areia e brita – é um dos materiais de construção mais eficazes da história humana. Isto na verdade é parte do problema – o concreto funciona tão bem e tem tantos usos que são produzidas anualmente de 2 a 4 toneladas de concreto para cada pessoa na Terra, o que se acredita ser responsável por algo entre 5 e 8% de todas as emissões globais de dióxido de carbono.

Bibliografia:

Performance of carbonated calcium silicate based cement pastes and mortars exposed to NaCl and MgCl2 deicing salt
Yaghoob Farnam, Chiara Villani, Taylor Washington, Mark Spence, Jitendra Jain, W. Jason Weiss
Construction and Building Materials
Vol.: 111, Pages 63-71
DOI: 10.1016/j.conbuildmat.2016.02.098

POSTAR COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado.