Blog

13

11

19

Construção Civil Porta de correr emperrou? Saiba o que fazer

Práticas, as portas de correr podem gerar dor de cabeça quando acabam emperrando. E agora, o que fazer?

As portas corrediças são a melhor opção para ambientes nos quais o espaço é reduzido. Seja em uma residência ou escritório, por exemplo, elas são práticas e podem ajudar na praticidade do dia a dia.

Porém, o único problema delas é que, quando emperram, dão uma pequena dor de cabeça para fazê-las funcionar perfeitamente de novo. 

Minha porta de correr emperrou, e agora?

A primeira dica que damos é começar cedo para evitar que esse problema aconteça. Por isso, mantenha limpa as rodas e os trilhos. Basta passar o espanador ou o aspirador de pó para tirar a poeira da região.

Mas, caso a porta já tenha emperrado, é hora de colocá-la para funcionar novamente!

Verifique se o trilho desviou

Uma das principais causas é quando o trilho desviou do lugar natural e, por isso, é preciso colocá-lo novamente em seu lugar original. Para isso, coloque um calço de madeira e com um martelo endireite o trilho na forma original.

Como estão as rodas?

As rodas também podem causar esse problema, pois elas são as principais responsáveis por fazer a porta não correr bem. Por isso, será possível apertá-las com uma chave de fenda. O parafuso que ajusta as rodas geralmente fica no início da porta.

Além disso, com o tempo, as rodas vão desgastando e, nesses casos, é melhor trocá-las para garantir o pleno funcionamento das portas. Para isso, será preciso retirar as portas do lugar, os parafusos e colocar novas rodas.

Dica extra: não force!

Sabe quando a porta dá aquela travadinha e nós tentamos fazê-la funcionar dando aquele empurrãozinho? Pois é, não faça isso! Muito provavelmente, isso acontece porque alguma sujeira ou inseto entrou no trilho e uma das roldanas da porta travou.

Caso você force, pode até conseguir fazer a porta correr, mas há o risco de retirar toda a porta dos trilhos e aumentar o problema.

Não há muito segredo para solucionar este problema, porém, em situações mais graves, você terá que contar com a ajuda de um profissional capacitado, que fará a porta entrar nos trilhos novamente.